14 de janeiro de 2011

Tragédia das chuvas no Rio de Janeiro



A sexta-feira (14) na região serrana do Rio de Janeiro começou com chuva e com aumento nos números de mortos em função dos deslizamentos dos últimos dias, nesta que já é considerada a maior tragédia climática do Estado e do país. Até as 10h, pelo menos 511 pessoas mortas já haviam sido confirmadas em dados fornecidos pelas prefeituras e Defesas Civis dos municípios atingidos, além da secretaria Estadual de Saúde e Defesa Civil do Rio (Sesdec). Segundo a Polícia Civil do Estado do RJ, 492 corpos já foram identificados até as 6h desta sexta -- 219 de Teresópolis, 225 de Nova Friburgo, 35 de Itaipava, em Petrópolis, e 13 de Sumidouro.

No município de Teresópolis, a Defesa Civil local confirmou hoje de manhã 226 mortos, de modo que 102 corpos já foram liberados para sepultamento.

Nova Friburgo contabiliza pelo menos 225 mortos, entre os quais, três bombeiros. Em entrevista ao UOL Notícias na cidade ontem (13), o comandante do bombeiros no RJ, Pedro Machado, admitiu que o necrotério improvisado na praça Getúlio Vargas, região central, está preparado para receber 400 corpos. Das cidades atingidas, Nova Friburgo é a que apresenta maior dificuldade de atualização e confirmação de números, uma vez que o sistema de telefonia está em pane desde a madrugada de segunda (10) para terça (11), e também porque os balanços do Estado não são repassados com dados mais recentes dos bombeiros estaduais.
.

1 comentários:

Wesley Borges disse...

Ok, já colei o seu banner no meu blog. Lá tem alguns exemplos de banners prá você escolher. Até mais!
diazdezumbi.blogspot.com

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Comente aí!